quarta-feira, 20 de junho de 2012

Gripe A é fichinha

Enquanto que todo estado, principalmente a região do Médio Vale, está preocupada com o crescimento de casos de morte pela gripe A, onde registrou até hoje dia 20, 30 casos de morte no estado, onde destes seis foram em Blumenau, Rodeio tem uma coisa a mais para se preocupar: o atendimento médico nos postos de saúde.
Nesta segunda-feira (18), uma moradora da cidade esteve na Casa Legislativa e durante a sessão tentou desabafar sua indignação e raiva pela falta de médico plantonista no Posto de Saúde Avançado do Centro, mas não pode se pronunciar porque não é permitido qualquer intervenção na sessão sem prévio aviso.
O médico simplesmente pediu uma semana de férias e ninguém foi escalado no seu lugar para o atendimento, explicou a ex-secretária de Saúde, hoje vereadora Neusa Beber que presenciou o fato. Aliás, ninguém sabe quem hoje responde pela principal pasta do executivo, a Secretaria de Saúde.
Há cerca de um mês, uma mulher de 68 anos, foi levada às 6 horas (da manhã) pelo seu filho até o mesmo posto, mas não conseguiu a ficha de atendimento, pois somente seis pessoas são atendidas por dia, uma vergonha.
No posto onde há o atendimento da Assistência Social, dentista e psicóloga, não há sequer uma secretária para fazer os agendamentos e recepcionar os munícipes que vão até lá para receberem atendimento.
O prefeito Carlos Alberto Pegoretti não se pronuncia sobre o caso, aliás, faz muito tempo que ele não se pronuncia em nada do que acontece no executivo. Ele é pago por nós, nosso funcionário e temos o direito de saber da autoridade máxima do município, como está sendo administrado nosso dinheiro.
Fico indignado com o descaso do executivo em pelo menos explicar o que está acontecendo, a falta de informação e falta de comprometimento da administração geram as palavras que hoje estão sendo digitadas aqui.
Estou cansado de ouvir as reclamações e ver a população ter que se "virar nos trinta" para receberem um atendimento digno, principalmente na saúde.
Enquanto que toda a região está preocupada com o vírus H1N1, Rodeio tem ainda que se preocupar em não ficar doente, porque poderá ficar sem atendimento.

Falando em saúde, gostaria de elogiar o trabalho dos Voluntários do Bem, Rotary, Rotarac e CDL na realização da Campanha de Arrecadação de alimentos, material de higiene e limpeza, que foi um sucesso. Isto podemos dizer que é Saúde de Espírito.

Parabéns !

(veiculado na Coluna Canta Passarinho no Jornal Vale Europeu de Indaial e site Timbonet