quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Diretor de esportes é exonerado

No final de semana uma notícia e que obviamente ninguém sabia, veio a tona. O ex-diretor da Diretoria da Juventude, Esporte e Lazer foi exonerado.

A exoneração aconteceu no dia 03 de novembro, e por incrível que pareça não houve nenhuma divulgação disto. Claro, para que divulgar né?

Segundo informações, o diretor da pasta Ciro Olacir Bonacolsi foi proibido pelo Prefeito Carlos Alberto Pegoretti, já há algum tempo, de colocar os pés no pavilhão de Esportes José Maximiliano Venturi, sede da diretoria da Juventude, Esporte e Lazer.

O motivo segundo rumores, foi a saída do Vereador Valcir Ferrari do Partido Progressista.

O Prefeito Carlos Alberto Pegoretti ficou bravo porque o ex-diretor Ciro ficou ao lado de Valcir quando da descisão de sair do Partido Progressista e ingressar no Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Além disso, Ciro participa ativamente de reuniões juntamente com Valcir Ferrari, que já é pré-candidato a Vice-prefeito de Rodeio, tendo Paulo Roberto Weiss (PT) como pré-candidato a prefeito.

A exoneração foi inevitável, pois já não havia mais clima para continuar.

Por enquanto a diretoria da Juventude, Esporte e Lazer fica sem diretor, tendo como responsável o petista Natalino Bonacolsi, coordenador da pasta.

Até o final de seu mandato, Pegoretti poderá ainda ceifar mais cabeças do executivo para conseguir chegar até o final do mandato sem maiores dores de cabeça, mas uma coisa é certa, o desgaste com estes atropelos são visíveis.

Valcir Ferrari (PDT), que era líder de governo na Câmara, saiu do PP alegando desconforto com o executivo.

A cobrança por parte do legislativo era intensa, e o prefeito Pegoretti nada fazia para proteger ou ajudar no desembaraço das solicitações dos vereadores, deixando muitas vezes Valcir “de calças na mão” diante dos vereadores.

O estopim da saída, foi quando a responsável pela Escola Municipal Santo Antonio, Francine Marta Bianchini, numa discussão com o Secretário de Educação João Jesus de Paula, foi mandada embora da direção. Lembrando que a família de Francine apoiou a campanha de Valcir e também de Pegoretti.

Valcir agora poderá perder o mandato, pois o cargo de vereador é do partido e não mais do edil.

Como podemos ver, há uma forte ligação entre a exoneração de Bonacolsi, a saída de Valcir e também o afastamento de Francine. Com isso a força política de Pegoretti, que é quase zero na Câmara de Vereadores, cai ainda mais. Mas não é por isso que os vereadores pensem em prejudicar Pegoretti, pois acompanho a Câmara há muitos anos e com certeza jamais pensariam em prejudicar a população, mesmo tendo a maioria na Câmara. O errado mesmo é Pegoretti que não acompanha o trabalho do legislativo de perto.

Até quando?

Não sabemos, mas as eleições 2012 estão chegando, e com certeza população Rodeense dará a resposta nas urnas.